0
A Vale vai demitir cerca de 300 funcionários, a partir de hoje. Com isso, o total de demitidos da companhia desde o agravamento da crise financeira internacional chegará a 1.900. Foram 1.300 funcionários em dezembro do ano passado e mais 300 no início de junho. Por causa da crise, a Vale também deu férias coletivas a 5.500 funcionários e licença-remunerada, com o pagamento de metade do salário, a 1.300 empregados, no início deste ano. A mineradora diz, no entanto, que as novas demissões não têm relação direta com a crise financeira internacional. Afirma que elas resultam de processo natural, e que o grande número é explicado pelo fato de que, entre janeiro e maio, não pôde demitir ninguém, em virtude de acordo assinado com os sindicatos.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Servidores no porão

Anterior

Posse da EMATRA VIII

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *