0
O Bradesco da Nova Marabá já foi autuado três vezes pelo Procon, por descumprir a lei que regula o tempo de espera entre 20 a 30 minutos. Tem mais: lá, os bancários entram às 8 horas e saem todos os dias entre 7 e 8h da noite. Clientes e usuários penam na fila entre 2 a 3 horas, porque o banco não contrata mais gente e só destaca 3 caixas para atender a clientela, que cresce feito bolo de avó.

As denúncias são das diretoras do Sindicato dos Bancários, Heidiany Katrine (autora da foto) e Cristiane Aleixo. 
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Não Matarás

Anterior

Caçadores de fantasmas

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *