0
Hoje de manhã o Arrastão Sorrisos Largos, na Praça da República, mobilizou famílias de crianças com lábios fissurados e ativistas sociais para divulgar o acesso público e gratuito a cirurgias reparadoras que são feitas em Belém do Pará pelos cirurgiões plásticos Franklin Rocha e Cynthia Martins, no Hospital Oncológico Infantil Octavio Lobo, em bebês a partir de seis meses de idade, que contam também com a fonoaudióloga Flávia Monteiro e a nutricionista Gilmara Silva

Há muitas crianças precisando de atendimento, principalmente no interior, mas a maioria absoluta não sabe que pode tratar e corrigir o problema. O tratamento é multidisciplinar e envolve cirurgiões plásticos, fonoaudiólogos, nutricionistas, otorrrinos, pediatras e ortodontistas. As mães precisam ser orientadas desde cedo sobre como amamentar no seio ou tirar o leite materno e por na mamadeira com bico especial, porque as crianças têm dificuldade para se alimentar. Mas, para se ter uma ideia, a mamadeira especial custa no Brasil R$400, enquanto nos EUA custa US$20. 

Está sendo organizada uma associação a fim de amparar e orientar essas crianças e suas famílias. Peço que compartilhem a informação, a fim de que alcance e beneficie o maior número de pessoas.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Hoje é dia do Remo!

Anterior

A Música e o Tempo

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *