A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Torçam por mim

O blog poderá ficar devagar. É que, desde sábado, estou com tosse, espirrando, dores na cabeça e corpo moído. Ontem consegui trabalhar normalmente, apesar do mal estar. À tarde, piorei, tive febre e fui ao pronto socorro da Unimed, na Doca, que estava lotado. A médica não me examinou, limitou-se a mandar me aplicar um injetável para dor e um antialérgico, além de fazer aerosol. Disse que devo ficar em casa nos próximos dias, me alimentar bem, tomar muito líquido e monitorar a minha febre – que se ficar alta é o caso de ir ao hospital. Também receitou um antialérgico, já que sofro de rinite alérgica. Questionei se não era o caso de tomar logo Tamiflu, por causa do prazo de 48 horas, ela respondeu que não é essa a orientação, e que isso nem é decisão da Unimed, e sim da Sespa, que fornece o medicamento.
Só que esta noite não consegui dormir, tamanho é o mal estar. Até os olhos doem quando faço movimento com eles. Assim, vou à emergência e desta vez exigir a realização de exames e providências mais efetivas, antes que aumente as nossas tristes estatísticas de saúde (?) pública.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *