0
A aliança PT-PMDB está por um fio. Lívio Assis entregou ontem a diretoria geral do Detran. Jader Barbalho ainda está avaliando se indica seu substituto ou não. Toda a diretoria do Ophir Loiola também entregou os cargos, reagindo às irregularidades apontadas no relatório da Auditoria Geral do Estado, tido como “gracioso” pelo líder do PMDB na Alepa, deputado Parsifal Pontes, que considera a diretoria do HOL vítima de armação e fritura. Ele também já adiantou hoje que, se a governadora aceitar a exoneração coletiva, seu partido não indicará outros nomes. Diante do impasse, o PMDB ainda não se manifestou se aceita ou não a CPH, o IAP e a FCG, oferecidos por Ana Júlia Carepa.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Debate político

Anterior

Tempestade se avizinha

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *