O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

Sessão histórica

Conselheiros Nelson Chaves, Luis Cunha, Cipriano Sabino e Ivan Cunha, procuradora geral do MPC Maria Helena Loureiro, ladeados pelo secretário do TCE, Tuffi Salim Jr., assistente técnica Ana Claúdia Anunciação e o assessor Jorge Batista, em meio aos lotes de processos sob correição.
Fotos: Rodrigo Lima
Numa iniciativa inédita, o TCE-PA realizou sessão extraordinária exclusiva para julgar processos sob correição. Na pauta, 185 processos que tramitavam desde 1990, divididos pelo conselheiro corregedor Ivan Cunha em 15 lotes, tratando de aposentadorias, reformas, prestações e tomadas de contas, admissão de pessoal, recursos, e até denúncia.
“Para nossa vergonha e nenhuma explicação plausível, ninguém tomou providências. Sei das responsabilidades que tenho e reitero minha vontade e dedicação”, declarou o presidente do TCE-PA, conselheiro Cipriano Sabino, que assumiu o tribunal há 23 dias com um passivo de mais de dez mil processos e já conseguiu reduzir o estoque para 9.121.
Outra medida de Cipriano foi cortar na própria carne. Como o MPE aceitou denúncia de que os conselheiros estariam recebendo remuneração acima do permitido pela Constituição, assim que tomou posse reuniu o colegiado e à unanimidade foi decidida a redução de 20% nos vencimentos de todos os integrantes da Corte, o que já está valendo este mês, embora o TCE-PA continue sustentando no Judiciário que os pagamentos observam o permitido em lei.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *