0

Nos últimos dias, pelo menos sete cães e gatos foram encontrados mortos por envenenamento nas praias do Atalaia e do Farol Velho, em Salinópolis (PA). Os moradores locais estão chocados e pedem que a polícia investigue. Os animais aparecem mortos na areia e não há pistas até agora acerca de quem está praticando tamanha crueldade contra seres indefesos e que são protegidos pelas leis brasileiras desde 1934, quando Getúlio Vargas promulgou o Decreto Lei 24.645/34.

Além da Constituição Federal, há farta legislação nacional e internacional, federal, estadual e municipal. O que falta é que as leis sejam cumpridas.

Os animais são seres vivos dignos de respeito e cuidado. O silêncio é tudo que um criminoso precisa para continuar maltratando animais. Denuncie!

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

APL e IHGP celebram 124 anos de fundação

Anterior

Mostra de Filmes Anani

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *