0
Acabou há pouco reunião extraordinária da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Carlos Bordalo, com o secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Michell Durans, o delegado João Bosco Rodrigues, diretor de Interior da Polícia Civil do Pará, Ministério Público do Pará, Defensoria Pública do Estado do Pará,  ong Terra de Direitos, Instituto Paulo Fonteles de Direitos Humanos, Lajusa Amazonia – Laboratório de Justiça Global e Educação em Direitos Humanos da Amazônia, órgão da Universidade Federal do Pará – UFPA – Oficial, Comissão de Justiça e Paz – CNBB Norte 2 – Pará e Amapá, Comissão de Direitos Humanos do Sindicato dos Jornalistas do Pará – Sinjor-PA, OAB Pará, Conselho Federal de Psicologia, Fetagri-Para e outros movimentos sociais, além de jornalistas. Participaram, também, os deputados Lélio Costa e Ozório Juvenil. Em pauta, a tragédia em Pau D’Arco e medidas emergenciais. 
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Ponta do Cururu, em Santarém

Anterior

Exclusivo: delegado fala sobre tragédia

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *