0
O Ministério Público Estadual deu show de atuação em Tailândia(PA), onde desbaratou o esquema de corrupção que dominava a Câmara Municipal e deixou a população em festa. Só restou a presidente da Casa, todos os vereadores foram afastados pela juíza Aldinéia Barros. As irregularidades, desgraçadamente, são as mesmas em todos os municípios paraenses: laranjas como servidores, contratos dos vereadores com a Câmara e a Prefeitura, superfaturamento no gasto com combustíveis e vales alimentação e farra com pagamento de diárias. Se todos os promotores de justiça agirem assim em suas respectivas Comarcas, vai ser possível sanear o Pará e dar um basta no império da corrupção.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Jogo de empurra

Anterior

Não percam!

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *