0
Acabo de colher maços e maços de cebolinha, cultivada com muito amor e sem agrotóxicos, que vou presentear à minha mãe, minha tia e amigas. Uma verdadeira terapia para relaxar neste sábado calorento. E haja rega para manter vivas minhas plantinhas!
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Nós & o folclore

Anterior

Fora do circuito

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *