1

Diagnosticado com Covid há seis dias, o prefeito de Belém do Pará, Edmilson Rodrigues (PSOL) foi internado nesta quarta-feira (6) no Hospital Beneficente Portuguesa, da rede conveniada do SUS. Está em um leito de isolamento recebendo medicação intravenosa, suporte ventilatório e todos os demais cuidados médicos necessários. O estado de saúde dele é bom e está respondendo bem aos procedimentos indicados pela equipe médica. A informação foi divulgada por sua equipe nas redes sociais: “Comunicamos que diante da persistência dos sintomas, e por orientação dos médicos, o prefeito Edmilson Rodrigues está sendo internado para prosseguir o tratamento em condições de assistência mais adequadas”. A Comunicação da Prefeitura de Belém ainda não publicou boletim médico.

Muitos amigos, correligionários estão enviando mensagens carinhosas pelo Twitter, desejando recuperação. É o caso, por exemplo, do vice-prefeito Edilson Moura. “Nosso mano está em observação, para ser melhor acompanhado pelos profissionais de saúde, com todos os cuidados que precisa para vencer o vírus. Por aqui, seguimos com a torcida, orações e carinho para que o nosso prefeito tenha uma rápida e completa recuperação”, postou nas redes sociais.

No último dia 1º de outubro, Edmilson anunciou que testara positivo, os sintomas eram leves e ficaria despachando em casa. Dois dias depois, em nova postagem, ele agradeceu às pessoas que demonstraram preocupação com sua saúde, revelou que tinha febre e, por precaução, fizera uma tomografia de pulmão. Na ocasião ele voltou a minimizar a situação. “Sigo tomando um antitérmico, bastante líquido e descansando bastante. Daqui a nove dias estaremos nas atividades presenciais”, previu.

As editoras Franssinete Florenzano e Gabriella Florenzano, articulistas, cronistas e colunistas do #PortalUruáTapera torcem pelo pronto restabelecimento da saúde do prefeito Edmilson Rodrigues.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Maternidade é assunto de Feminismos sim!

Anterior

MPPA e Alepa reforçam parceria

Próximo

Vocë pode gostar

1 Comentário

  1. Porque Beneficente Portuguesa e não Pronto Socorro Municipal Mario Pinotti?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *