Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Prédio histórico

Representantes da alfândega do porto de Belém, do Centro de Educação da Escola Fazendária, da Gerência Regional do Patrimônio da União e da Secretaria de Pesquisa e Investigação da Receita Federal foram pedir à Prefeitura de Belém para recuperar o Complexo dos Mercedários, construído em 1640. O prédio abrigou o convento e a Ordem dos Mercedários, até a expulsão dos religiosos do Pará, na época do Marquês de Pombal, deixando como herança grande acervo bibliográfico, além da bela construção, considerada a mais barroca das criações de Landi. O projeto de reforma está orçado em R$ 8 milhões.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *