O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Brega no Pará é coisa séria. Tem Brega Pop, Brega Calypso, Brega Marcante, Brega Saudade, Tecnobrega, Melody, Tecnomelody … Verdadeiro hino (música oficial dos 400 anos de Belém), não há quem desconheça o clássico Ao Por do Sol, eternizado na…

Uma reunião no Ministério Público do Estado do Pará colocou em pauta a situação caótica da Unidade de Conservação Estadual Área de Proteção Ambiental da Ilha do Combu, onde proliferam construções e empreendimentos comerciais irregulares, transporte fluvial desordenado, festas e…

Possível & provável

Entre os cardeais do PMDB, toma corpo a ideia de uma candidatura própria ao governo do Estado em 2010 – com o deputado federal Jader Barbalho na cabeça. Isto porque, como a relação com o PT sempre foi entre tapas e beijos, o que nem mesmo a intervenção sistemática de José Dirceu e Lula tem conseguido abrandar, a turma do PMDB desconfia de que, se indicar o vice da recandidata Ana Júlia Carepa, no segundo turno não vai ser nem chamado para conversar. Ao passo que, se Jader for candidato, garante pelo menos ir ao segundo turno, quando poderá fazer novas alianças. Hoje, diz o líder do partido na Alepa, deputado Parsifal Pontes, a possibilidade de marcharem juntos com o PT de novo existe, mas a probabilidade é pouca.
Em 2009 tudo indica que peemedebistas e petistas continuam juntinhos. Agora em julho, o governo já sinalizou que resolverá as pendências com a base aliada, inclusive com o G-8. E em sinal de boa vontade o presidente da Assembleia, deputado Domingos Juvenil, conduziu a aprovação unânime da LDO e de vários projetos do interesse do Executivo.
Em todas as escaramuças e declarações, um ponto tem sido repetido à exaustão: a governadora Ana Júlia Carepa deve tomar a si a reorganização da sua base no Legislativo.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *