0
Caiu em 59,4% a movimentação de contêineres no porto de Belém, no primeiro semestre deste ano, em comparação ao mesmo período de 2008. Dados da Antaq revelam que, nos seis primeiros meses de 2009, 29 embarcações atracaram no porto da capital do Pará, contra 44 atracações do período anterior – queda de 34,09%. Em Vila do Conde, houve crescimento de 57,54% na importação e exportação de contêineres, com aumento de 20 para 35 atracações. No total, o Estado recebeu 10.131 contêineres a menos do que na primeira metade de 2008. A Companhia Docas do Pará tenta melhorar a participação de Vila do Conde no cenário nacional, valorizando as grandes áreas retroportuárias e diversificando as cargas movimentadas no local. Através do PAC, R$ 105 milhões garantirão que a CDP amplie o Terminal de Múltiplo Uso de Vila do Conde.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Desejo nada secreto

Anterior

De Abaeté para o mundo

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *