0
Óbidos vai ganhar um Centro Integrado da Pesca Artesanal, incorporando princípios de economia solidária e de gestão compartilhada. Deverá ser um ponto de referência, também, para discutir a temática ambiental. A proposta é de auto-gestão pelas comunidades pesqueiras, por intermédio de suas entidades representativas, de preferência aquelas que tenham os princípios do associativismo e cooperativismo.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

PAS no Senado

Anterior

Ação de cidadania

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *