Embora o Quartel Tiradentes esteja localizado no coração do bairro do Reduto, sediando o 2º BPM e duas Companhias da Polícia Militar do Pará, os meliantes parecem desafiar abertamente os policiais. Os assaltos no bairro continuam muito frequentes, principalmente no…

Douglas da Costa Rodrigues Junior, estudante de Letras - Língua Portuguesa da Universidade Federal do Pará e bolsista do Museu Paraense Emílio Goeldi, ganhou a 18ª edição do Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica na área de Ciências Humanas…

O Ministério Público do Trabalho PA-AP abrirá na segunda-feira inscrições para Estágio de Nível Superior. A seleção será destinada ao preenchimento de vagas e formação do quadro de reserva de estagiários dos cursos de Administração/Gestão Pública, Biblioteconomia, Direito, Jornalismo, Publicidade/Propaganda…

Hoje, dia 23 de julho de 2021 às 19h, o Instituto Histórico e Geográfico do Pará realizada a nona “Live em Memória” da programação alusiva aos 121 anos do Silogeu, desta vez em homenagem ao centenário de nascimento do Almirante…

Pelo pluralismo e liberdade democráticos!

Bom dia, amigos, salve, salve! Domingo de paz, esperança e liberdade democrática! Sou contra o impeachment, contra qualquer tipo de golpe e a favor do empoderamento da sociedade. Que todos possam ir livremente às ruas manifestar aplausos ou repúdio, este é o pluralismo político pelo qual tantos foram perseguidos, humilhados, torturados e mortos no Brasil, durante os regimes de exceção. Sejamos cidadãos, aptos a escolher o nosso destino e a lutar por ele o bom combate, de forma pacífica, ordeira, respeitando as leis e a Constituição Federal. Vamos às ruas, sim, abraçar os nossos ideais e viabilizar nossos sonhos, de justiça, paz e igualdade social!

Vamos às ruas dizer não à corrupção e à impunidade, irmãs siamesas que andam de mãos dadas causando a desgraça do nosso País, desde tempos imemoriais. Vamos às ruas dizer que estamos vigilantes e não permitiremos que destruam as nossas instituições, roubem o futuro de nossos filhos e joguem no limbo as futuras gerações. Vamos às ruas dizer que os que cometeram crimes não representam legitimamente os cidadãos brasileiros, que a dignidade é imprescindível para que o Congresso Nacional, o Poder Legislativo como um todo, seja fortalecido, porque são as Casas do povo. Vamos dizer que o Poder Executivo tem que servir ao povo e não se servir dele, e que o Judiciário precisa salvaguardar os mais altos interesses da Nação. Vamos lembrar, sobretudo, que cada cidadão tem responsabilidade sobre a vida pública nacional, estadual e municipal, e que é dever de todos exercer os direitos humanos e sociais em toda e qualquer ocasião, especialmente nos momentos de crise que ameaçam a estabilidade político-social. Queremos, ao fim e ao cabo, um Brasil com vergonha na cara!

“Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
– Paz no futuro e glória no passado.

Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme quem te adora à própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *