0
Com mandados expedidos pelo juiz federal Rubens Rollo de Oliveira, o Ministério Público Federal, a Controladoria Geral da União e a Polícia Rodoviária Federal executaram hoje dez mandados de busca e apreensão em nove endereços de Belém – Superintendências Regionais da Pesca e Aquicultura e do Trabalho e Emprego, casas de servidores públicos e escritórios dos deputados estaduais eleitos Paulo Sérgio Souza, o “Chico da Pesca” (PT), ex-superintendente da Pesca, e Fernando Coimbra (PDT), ex-superintendente do Trabalho e Emprego no Pará.

A operação investiga fraudes no seguro-defeso, destinado a pescadores, que cresceu 1.414% de agosto de 2008 a agosto de 2010, além de denúncia de que, nas últimas duas gestões na Superintendência da Pesca, pelo menos 12 pessoas sem vínculo com o serviço público tinham senhas e eram autorizadas a fazer os trâmites internos para concessão dos benefícios.

O material apreendido será catalogado e armazenado na Justiça e no MPF para posterior análise. Até a conclusão, o caso corre em segredo de Justiça.

* Com informações da Assessoria de Comunicação do MPF/PA.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Convite

Anterior

Carta na manga

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *