0

Já estão abertas as inscrições para o “Seminário Sobre Pedofilia e Crimes Contra Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes”, promovido pela Academia da Polícia Civil do Pará.

O evento é alusivo ao “Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, 18 de maio. É a data em que Araceli Cabrera Crespo, de 9 anos incompletos, desapareceu da escola onde estudava para nunca mais ser vista com vida. A menina foi espancada, estuprada, drogada e morta numa orgia de drogas e sexo. Seu corpo, o rosto principalmente, foi desfigurado com ácido. Seis dias depois do massacre, o corpo foi encontrado num terreno baldio, próximo ao centro de Vitória-ES. A data institucional lembra seu martírio e o de tantas outras crianças vítimas de aberrações humanas que, infelizmente, estão à solta.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

A vez das feias

Anterior

Lição de vida

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *