0
Políticos com ficha corrida saberão, amanhã, se vão poder disputar as eleições deste ano ou não. A depender do entendimento dos ministros do TSE, os já condenados em decisão transitada em julgado ou por órgão colegiado por uma série de crimes – entre eles, compra de votos, gastos ilícitos de dinheiro de campanha, crime contra o sistema financeiro, abuso de autoridade, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, formação de quadrilha – ficarão de fora nestas eleições.

Mas o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, acha a regra controversa e que por isso precisa ser examinada pelo pleno do tribunal.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Maratona em Brasília

Anterior

Violência nossa de cada dia

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *