0

Na próxima segunda-feira, a Secretaria de Estado de Projetos Estratégicos lança o “Estudo Preparatório para o Projeto de Sistema de Transporte de Ônibus da Região Metropolitana de Belém na República Federativa do Brasil – Relatório Final”, durante coquetel no Espaço Usina, no Reduto, a partir das 20 horas.

Elaborado pela Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), o documento foi determinante na elaboração de Carta-Consulta aprovada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão que garante o empréstimo de R$ 320 milhões do governo japonês para a implantação do Sistema Integrado de Transporte Metropolitano no corredor BR-316 – Almirante Barroso – Centro Expandido de Belém, obra que integra o programa Ação Metrópole, do Governo do Estado.

O estudo comprova a viabilidade econômica do empreendimento e explica por que na Região Metropolitana de Belém é mais viável investir em um sistema cuja matriz é o ônibus, e não o metrô.

Seis obras do programa Ação Metrópole estão em execução: prolongamento da Av. Independência, no trecho entre a rodovia Augusto Montenegro e a Av. Júlio César; compensações ambientais no Parque Ecológico do Município de Belém; revitalização da rodovia Arthur Bernardes; construção do parque no bairro da Sacramenta; drenagem e pavimentação asfáltica das ruas Dois Amigos, Samaúma, São José e Santo Antônio e construção de uma praça na Pratinha II.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Saramago se foi

Anterior

Jogo do poder

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *