0

“Não podemos nos deixar contaminar pela empolgação de primeira hora, não podemos abrir mão na necessidade imperiosa de planejamento dessas ações de investimento público e privado voltadas à exploração sustentável dos recursos naturais da região da Calha Norte. É preciso convocar todos os atores públicos e privados para o debate. Esse é um desafio imposto a todos e cada um deve aceitá-lo e portar-se com dignidade igual ao tamanho da importância que representa aquela região e suas riquezas para seus habitantes”. (deputada Josefina Carmo, ao propor sessão especial da Alepa destinada a discutir as potencialidades econômicas naturais dos municípios na margem esquerda do rio Amazonas). Leia mais na home www.uruatapera.com.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Bola rolando

Anterior

Novo cenário

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *