0

Por volta das 16h30, hoje, eu parecia protagonista de um filme de suspense sobrenatural. Pois não é que tudo balançava ao meu redor e a tontura era como quando se está em um barquinho ao sabor das ondas? Foi tão grande o mal-estar (agravado pela minha labirintite) que fiquei fora de combate. E haja ouvir sirene de Bombeiros! Só uma hora depois soube do terremoto na Martinica, com 7.4 na escala Richter, que assustou muita gente em Belém, onde vários prédios chegaram a ser evacuados. Ufa! É muita novidade. Parece aquela música do Roberto Carlos que diz “são tantas as emoções”…

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Vejam que notícia boa!

Anterior

Escola pública em ação

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *