0
O juiz federal da 3ª Vara Especializada em Ações Criminais, Rubens Rollo D’Oliveira, foi preso por volta das 10h30, na praça Batista Campos, em Belém. Ele teria brigado com a esposa e, ao ser contido por policiais, desacatado os agentes da lei. Segundo o cabo R. Silva, da PM, o juiz precisou ser algemado para ser levado para a Seccional da Cremação, onde os delegados Duarte e Nicolau Neto avaliam o caso.
A detenção do juiz foi realizada pela cabo Amélia e o soldado Coutinho, da 4ª ZPol, que estavam fazendo o policiamento na praça quando foram atender o chamado de guardas municipais de Belém que foram avisados da agressão do juiz contra a mulher. Ela foi encaminhada para a Delegacia da Mulher.
Conforme relato policial, após empurrar a esposa o juiz teria lhe dado um soco na altura do estômago. Em sua defesa, disse que ela é que teria batido nele, por isso procurou a Guarda Municipal. Mas durante o procedimento houve uma discussão que teria resultado no desacato aos policiais.
O casal está em processo de separação. Ao receber voz de prisão, o magistrado teria se identificado, dito que não poderia ser preso, e xingado os policiais, acusando-os de abuso de autoridade.
O juiz federal Rubens Rollo D’Oliveira é muito conhecido, respeitado e admirado pelos processos de grande repercussão contra o crime organizado, em que teve atuação exemplar. Foi quem decretou a prisão do ex-superintendente do Ibama, Paulo Castelo Branco, recentemente.
As informações são do plantão do Diário do Pará.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Leve seu carro nas costas

Anterior

Tudo mudado

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *