As eleições de 2022 coincidem com o bicentenário da Independência e os 90 anos de conquista do direito do voto feminino, ocorrida em 24 de fevereiro de 1932. Durante todo o Império, as brasileiras não puderam votar e somente 43…

O Ecomuseu da Amazônia, da Fundação Escola Bosque (Funbosque) promoveu no domingo, 25, na Ilha de Cotijuba, o roteiro patrimonial, pelo encerramento da 16ª Primavera dos Museus. Os visitantes conheceram o pólo do Ecomuseu, a história de Cotijuba, que passa…

A prefeitura de Portel, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, lançou na sexta-feira passada (23) o projeto Marajó Sustentável, aliado ao Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Seringueira no Estado do Pará…

As dunas em volta do apelidado “lago da Coca-Cola”, em Salinópolis (PA), estão sofrendo progressiva destruição e nenhum órgão fiscalizador está empenhado em conter esse desastre. Moradores locais e até veranistas já apelaram à Polícia Civil, ao Corpo de Bombeiros…

Novos peixes amazônicos

Vejam só que bacana: sob a orientação do pesquisador Wolmar Benjamin Wosiacki, curador da coleção de ictiologia do Museu Goeldi, os trabalhos “Descrição de uma nova espécie do gênero Hemigrammus (Characiformes: Characidae)”, da bolsista Tamires Viana; “Descrição de uma nova espécie de Tetranematichthys (Siluriformes; Auchenipteridae)”, do bolsista Luiz Antônio Peixoto; e “Descrição de uma nova espécie do gênero Hyphessobrycon (Characiformes: Characidae)”, da bolsista Marilena Carvalho da Silva; revelam que a região amazônica ainda tem muito de sua fauna a ser descoberta.

Uma nova espécie de peixe, encontrado no município de Chaves, pode contribuir para a economia e a preservação da região. O gênero Hemigrammus é muito utilizado como alimento e na ornamentação de aquários. Já o segundo trabalho tratou de uma espécie encontrada no Rio Trombetas e Rio Negro, que tem como uma característica a presença de manchas escurecidas pelo corpo. A última espécie de peixe descrita tem como principal característica a capacidade de se adaptar em condições de baixo oxigênio. Ela pode ser encontrada em rios e lagos da África e América do sul, em especial no Rio Amazonas.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *