0

O escritor premiado Ademar Amaral, obidense talentoso e excelente papo, está concluindo seu livro “Entre Catalinas e Casarões”. Começa no tempo da Cabanagem e finda por volta de 1968, o ano que não terminou. Lúcio Flávio Pinto vai ler antes de todo mundo os originais e criticar. A capa já foi criada, pelo arquiteto Carlos Antônio Silva, irmão do prefeito de Óbidos, gente do Paraná da Dona Rosa e amigo de Ademar há muitos anos.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Mandinga de Moça

Anterior

Na rede

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *