0
O MPE deu entrada em projeto de lei na Alepa, através do ofício 675/2010/MP/PGJ, em 21 de julho, via protocolo. Ao procurar, ontem, informações na Comissão de Constituição e Justiça, a fim de acompanhar a tramitação, ficou sabendo que ninguém sabe, ninguém viu o tal projeto. Lá não chegou, tampouco na Divisão de Expediente. O máximo que conseguiu saber é que está em algum lugar entre o gabinete da Presidência e o Departamento Legislativo.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Contas irregulares

Anterior

Já vão tarde!

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *