0

“Hoje, todos querem verticalização, isso é moda. Mas onde se mostra realmente a competitividade é na tecnologia do produto, na integração com o mundo e no ganho de escala. Esse é o jogo. Sou suspeito para falar sobre o assunto, por atuar em mineração. Mas onde está a maior margem hoje? Nos US$ 50, US$ 60 ou US$ 70 do minério ou nos US$ 100, 200, 300 da siderurgia? Onde se aloca capital de forma mais eficaz, na verticalização ou no próprio negócio? O tempo é o melhor juiz”. (Roger Agnelli, presidente da Vale).

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Cotas: sim ou não?

Anterior

Ato público

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *