0

Estudo realizado pela GfK, 4ª maior empresa de pesquisa de mercado no Brasil e 4º maior grupo mundial do setor, mediu o nível de confiança da população em profissões e organizações no Brasil, em 15 países da Europa, nos EUA, na Colômbia e na Índia.

No Brasil, com 76% do índice de confiança dos cidadãos, os jornalistas conquistaram a 6ª posição; mas, na avaliação mundial, estão na 11ª colocação, com 41%. Os publicitários garantiram o 7º lugar dos mais confiáveis no Brasil, com 71%; internacionalmente, a categoria ficou na 15ª colocação, com 30%.

Já a confiança da população brasileira nos profissionais de marketing é de 67%, na 11ª posição; nos outros países consultados está em 13º lugar, com 39%.

No ranking geral, os bombeiros são apontados como os profissionais mais confiáveis, com 98% das menções entre os brasileiros e 94% entre as populações do resto do mundo. A categoria com pior avaliação é a dos políticos, com 11% do índice de confiança no Brasil e 14% internacionalmente – por que ninguém se espanta?

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Coroa de espinhos

Anterior

Terra quilombola

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *