0
Marcelo Gonçalves/Sigmapress/Folhapress
O Brasil vive hoje uma das maiores operações do planeta no combate à pedofilia. Até por volta das 14h30, mil e cem policiais civis de 25 Estados e do Distrito Federal já tinham prendido em flagrante 108 dos alvos na Operação Luz na Infância. Dos 178 mandados de busca e apreensão, 143 foram cumpridos e apreendidos 151 mil arquivos digitais pornográficos envolvendo crianças. Há funcionários públicos, professores de escolinhas de futebol, profissionais de saúde e também mulheres entre os detidosAmapá e Piauí não conseguiram os mandados judiciais até o desencadeamento da ação. 

As quadrilhas que têm ligações transnacionais, como os crimes cibernéticos e os de tráfico de drogas, armas e pessoas. Coordenada pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública, a operação articulou parceiros nos EUA e na União Europeia, que ajudaram com informações e softwares para monitorar os criminosos. 

O número final de presos será divulgado pelo Ministério da Justiça até o fim do dia. “Luz na Infância” foi batizada assim por serem bárbaros e nefastos os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. 
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Sucessão na ACP

Anterior

Ciência, Tecnologia e Inovação

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *