0
O programa Arca das Letras, que já espalhou mais de 5 mil minibibliotecas e 12 mil agentes de leitura em comunidades rurais do País, deve virar política de Estado, com a criação do Sistema Nacional de Bibliotecas Rurais. Com isso, garantirá sua sobrevivência, independentemente da alternância de governantes.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Predadores em Altamira

Anterior

PAS no Senado

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *