0
O Prefeito CO2 não se emenda. Ontem, um ônibus adesivado com a logomarca da PMB levou uma claque até a Câmara Municipal para vaiar os vereadores da oposição e ficou horas à espera do final da sessão para levar a horda embora. Tudo com o meu, o seu, o nosso dinheirinho.

E sabe para que? Para garantir o aumento de 2% na mensalidade cobrada aos beneficiários do Instituto de Previdência e Assistência do Município de Belém, sob a alegação de que as despesas do órgão, de 2005 para cá, teriam subido 300%. Não é preciso ter mais do que inteligência mediana para saber que a razão do Ipamb estar no vermelho é a péssima gestão municipal. E os aposentados e pensionistas que pagam o pato, literalmente.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Câncer do colo de útero

Anterior

Boca de forno

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *