O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Legião estrangeira na BR-163

O ex-diretor geral
do Dnit, Luiz Antonio Pagot, saiu do cargo mas está mais ativo do que nunca.
Anteontem, liderando mais de 30 empresários da Associação dos Produtores de
Soja e Milho de Mato Grosso, criou um fato político ao visitar a área onde
serão construídos os portos de exportação de grãos no distrito de Miritituba,
município de Itaituba, onde a comitiva foi recepcionada pelo prefeito Valmir
Climaco e pelo deputado Hilton Aguiar (PSC).
Pagot – vejam só!
– criticou a lentidão das obras da Santarém/Cuiabá (BR-163), denunciou que não
está sendo obedecido o cronograma e que certos trechos que já deveriam estar
concluídos estão com sérios problemas, principalmente o de responsabilidade da EIT, que faliu e ainda não foi substituída. Ah! E fez questão de contar que as empreiteiras sempre foram muito bem pagas para fazer o serviço rapidamente.

Como se vê, os
matogrossenses vêm ao Pará defender seus interesses, mas os representantes parauaras
estão mudos e quedos. Enquanto isso, a população permanece no sofrimento eterno de isolamento pelos atoleiros no inverno, valas e poeira no verão.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *