Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

La Bohème

Acabo de assistir à montagem de La Bohème, no Theatro da Paz. Um belo espetáculo, com show à parte da soprano Adriane Queiroz e do baixo José Galliza – apesar do pão de Mimi ter rolado no palco e caído em cima da orquestra, do apagão no início do 3º ato, dos erros gramaticais nas legendas, do vídeo de abertura ter começado informando em letras garrafais “Vídeo de Abertura”(!), do ar condicionado não ter refrescado o ambiente e da insistência em frisar que é o 2º Festival de Ópera da Amazônia (francamente!). Ponto para o governo do Estado, Secult e direção do TP, por privilegiar e incentivar a mão-de-obra e os talentos locais, formar uma central de ópera e oferecer o espetáculo também aos que não puderam ir ao teatro, através de telão no hall de acesso. Mas é preciso parar com essa história de ignorar o passado. Trata-se do 11º Festival de Ópera do Pará, e isso deveria ser realçado com orgulho.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *