Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

A jornalista e o árbitro

A jornalista uruguaia Yosselem Rocamora contou ter sido paga pela equipe de protocolo da Asociación Uruguaya de Fútbol para manter relações sexuais com o árbitro argentino Sergio Pezzotta na véspera de um jogo do Uruguai contra o Chile, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, em novembro do ano passado. O resultado do tal jogo foi um empate de 2 a 2. O presidente da AUF, José Luis Corbo, nega e diz que a entidade só vai se pronunciar oficialmente sobre o caso depois da conclusão das investigações. “Eu sei que o dinheiro saiu do bolso de Corbo, que passou por mim na tarde seguinte como se não me conhecesse. Por isso, eu exigi que os responsáveis pela investigação pedissem ao hotel uma cópia da fatura. Os que pagaram o quarto e me integraram à equipe de protocolo da AUF queriam que o jogo se arranjasse sexualmente. Os dirigentes só me pagaram o hotel para uma noite. Se me tivessem pago pelos três dias, Pezzotta não teria conseguido levantar as pernas”, declarou a jornalista. As informações são do site Bola Rolando.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *