Os dirigentes do Sindicato e da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa festejaram o resultado da reunião de hoje com o presidente da Alepa, deputado Chicão, que também convidou para o encontro o Chefe de Gabinete da Presidência, Reginaldo Marques…

A Administração Superior do Ministério Público do Pará está empenhada em fortalecer a atuação dos promotores de justiça no arquipélago do Marajó, onde a situação de extrema pobreza, agravada pela pandemia, perpetua crimes gravíssimos como os abusos e exploração sexual…

“A Prefeitura de Belém, por meio da Comissão de Defesa Civil de Belém, informa que realizou vistoria técnica no bloco B do imóvel localizado na avenida Presidente Vargas, 762, no dia 11 de fevereiro, às 9h, em conjunto com representantes…

DEM e PSL ainda nem consumaram a fusão, prevista para outubro deste ano, mas a briga já é de foice. O ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre e o ex-prefeito de Salvador ACM Neto duelam nos bastidores pelo comando do novo…

Jordy quer pedófilos condenados

O deputado Arnaldo Jordy (PPS), relator da CPI da Pedofilia, voltou a cobrar, hoje, na tribuna da Alepa, que o Judiciário priorize o julgamento de casos envolvendo violência sexual contra menores. Lembrando que o Estatuto da Criança e do Adolescente assegura o tratamento diferenciado, Jordy lamentou a morosidade na apuração e, ainda, a não punição de alguns acusados desses crimes, sobretudo os que têm poder político ou econômico.
“Corre solto na boca da população que, nesses casos, a justiça teria sido comprada, com nada acontecendo com ‘gente grande’. Esses casos têm que ter prioridade para que vítimas indefesas não fiquem nas mãos desses criminosos. É preciso que os cuidados da justiça sejam redobrados para que esses criminosos não sejam beneficiados“, alfinetou Jordy, mas ressaltando o empenho do presidente do TJE-PA, desembargador Rômulo Nunes; da desembargadora Vânia Silveira e de outros integrantes da magistratura.
Em rápido balanço dos trabalhos da CPI, Jordy contou que, em 5 meses, o número de pessoas presas acusadas desse tipo de crime já supera o conseguido em 3 anos, o que mostra que as vítimas estão tendo mais coragem de denunciar, e anunciou a vinda, na próxima semana, da CPI Nacional da Pedofilia ao Pará.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *