O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, convocou e empossou Torrinho Torres, primeiro suplente do Podemos, na vaga do deputado Igor Normando, que está licenciado para exercer o cargo de secretário de Estado de Articulação da Cidadania. O novo parlamentar…

Reconhecimento máximo da Associação Paulista de Críticos de Artes a obras de Literatura, Música popular, Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Rádio, Teatro, Teatro Infantojuvenil e Televisão, o Prêmio IPCA, anunciado na segunda-feira, 6/2, contemplou o livro de contos “Eu já…

A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Jatene não pediu licença e viaja só hoje à noite


FOTO: CRISTINO MARTINS
Ao contrário dos boatos que foram criados nas redes sociais,  desde que dei o furo na sexta-feira à noite sobre o cancelamento de sua agenda de inaugurações em Oriximiná, o governador Simão Jatene passa bem, não está internado e não pediu licença à Assembleia Legislativa do Pará. 

A verdade é que Jatene estava com a pressão alta na sexta-feira e tomou os cuidados necessários para qualquer pessoa, principalmente pelo histórico de já ter em seu corpo quatro stents destinados a desobstruir artérias coronárias, 67 anos de idade e o natural estresse de um governante. Foi assim: conversou com o médico pelo telefone e, como estava com a agenda cheia, fez os exames recomendados – de sangue e eletrocardiograma – em casa. E seguiu despachando normalmente até o final da tarde da sexta. Já à noite, foi ao hospital conversar com o médico que, por cautela, desaconselhou a viagem para Oriximiná e requisitou que se submetesse a um cateterismo, para melhor avaliar o quadro.

Ontem, a secretária adjunta de Saúde, Heloísa Guimarães, que é médica e amiga pessoal há décadas do governador e estava no interior, foi vê-lo e sugeriu que ele fizesse o cateterismo em São Paulo, no hospital Sírio Libanês, onde já tem um médico especialista que o acompanha há muitos anos, desde a primeira cirurgia cardíaca. Jatene concordou, mas ainda não viajou. Despachou normalmente e inclusive reuniu toda a cúpula da Segurança Pública, ao lado do vice-governador Zequinha Marinho, a fim de discutir os pontos que serão tratados amanhã em uma grande reunião sobre a questão da violência com parlamentares e vários setores e da qual participarão inclusive artistas como Letícia Sabatella e Dira Paes, que são ativistas sociais. 

Jatene não pediu licença à Alepa, até porque não há necessidade disso para uma pequena viagem dentro do País. Ele vai hoje à noite para São Paulo, direto para o hospital, onde ficará internado para se preparar para o cateterismo e uma bateria de exames complementares que fará amanhã de manhã. Conforme o resultado desses exames, aí sim poderá – ou não – ser providenciada a licença. O vice-governador Zequinha Marinho assumirá normalmente as funções.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *