A Prefeitura de Belém está convidando os moradores da Cidade Velha à Consulta Pública sobre a reforma e revitalização do prédio ao lado da Igreja da Sé, onde por muito tempo funcionou a Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel).…

As eleições de 2022 coincidem com o bicentenário da Independência e os 90 anos de conquista do direito do voto feminino, ocorrida em 24 de fevereiro de 1932. Durante todo o Império, as brasileiras não puderam votar e somente 43…

O Ecomuseu da Amazônia, da Fundação Escola Bosque (Funbosque) promoveu no domingo, 25, na Ilha de Cotijuba, o roteiro patrimonial, pelo encerramento da 16ª Primavera dos Museus. Os visitantes conheceram o pólo do Ecomuseu, a história de Cotijuba, que passa…

A prefeitura de Portel, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, lançou na sexta-feira passada (23) o projeto Marajó Sustentável, aliado ao Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Seringueira no Estado do Pará…

Hino da Escola da Magistratura

O Pleno do TRT 8ª Região, sob a presidência da Desembargadora Francisca Oliveira Formigosa, acolhendo proposta da Desembargadora Sulamir Palmeira Monassa de Almeida, Diretora da EMATRA VIII, oficializou na sessão de hoje a “Canção da Escola da Magistratura” como Hino Oficial da Escola da Magistratura da Justiça do Trabalho da Oitava Região, com letra de autoria do Desembargador Almir de Lima Pereira (já falecido), ex-presidente do TJE-PA, e música do Desembargador Vicente José Malheiros da Fonseca, ex-presidente do TRT 8ª.
Curiosidade: a música foi composta em 1998 e cantada, em primeira audição, na posse de Vicente Fonseca como presidente do TRT, em dezembro daquele ano, pelo Coral Desembargador Delival Nobre, do TJE-PA, sob a regência do Maestro João Bosco Castro, quando também foi executado, em primeira audição, o “Hino da Justiça do Trabalho“, pela Orquestra Jovem Maestro Wilson Fonseca, regida pelo Maestro José Agostinho da Fonseca Neto (Tinho), que vieram especialmente de Santarém para o evento. Estavam presentes, naquela ocasião, o Des. Almir de Lima Pereira e o Maestro Wilson Fonseca (Isoca).

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *