0
Anteontem à noite, uma criancinha de 4 anos foi levada pelos pais ao PSM da 14 de Março, com sintomas de pneumonia. Deram uma injeção na menina e mandaram que fosse ao PSM do Guamá, porque o aparelho de Raios X estava quebrado. Quando a criança chegou lá, os pais ouviram a mesmíssima história. Conseguiram interná-la num hospital no centro de Belém.
E Dudu, O Ausente, prioriza construir uma ponte ligando Outeiro a Mosqueiro. Para atravessar os cadáveres de seus munícipes dessassistidos por sua administração criminosa?
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Jogo duro

Anterior

Código de Trânsito endurece

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *