0

LIÇÃO DE AMOR
(Canção)
Letra: Edgar Macedo (Belém-PA, 2009)
Música: Vicente José Malheiros da Fonseca (Belém-PA, 07.05.2009)

Minha MÃE ainda me lembro
Das conversas no quintal
Do luau lá na varanda
Nossas rodas de ciranda
Nossas roupas no varal

Lembro-me MÃE como era
Nosso mundo pequenino
As linhas do meu destino
Nas palmas de minhas mãos
Sentia-me protegido
Pelo teu carinho ungido
Corda do teu coração

Quando vem chegando maio
MÃE eu caio em depressão
A saudade vem dobrada
Meu coitado coração
Fica batendo mais forte
Eu ponho culpa na morte
Mas ela insiste que não

Minha MÃE ainda sou
Um incansável lutador
Mas o cavalo de pau da infância
O tempo veio e levou
E depois MÃE que partiste
A vida ficou tão triste
Acho que perdeu a cor

Não tenho MÃE teu olhar
Para vigiar meus passos
Não MÃE no teu colo
O aconchego dos abraços
Só tenho MÃE a certeza
De que estais com o criador
Pois tua vida inteirinha
Foi uma LIÇÃO DE AMOR

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Perigo dobrado

Anterior

É hoje. Não percam!

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *