0

Pelos de cachorro, barro e cuias viraram arte nas mãos de sete artesãos que fazem parte do núcleo de ressocialização da Penitenciária Silvio Hall de Moura, em Santarém. O Terminal Fluvial abriga uma mostra dos trabalhos, até o dia 27.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Tarde perfeita

Anterior

Briga de coleguinhas

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *