Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Euforia em Marabá

Marabá prepara grande festa popular para a entrega oficial da licença prévia ambiental da Siderúrgica Aços Laminados Pará, amanhã. Caravanas dos municípios de São João do Araguaia, São Domingos do Araguaia, Brejo Grande do Araguaia, Jacundá, Bom Jesus do Tocantins, Nova Ipixuna e Itupiranga já estão se deslocando para lá. Orçado em US$ 3,7 bilhões, o empreendimento promete gerar cerca de 18 mil empregos diretos e indiretos, além de centenas de novos negócios nas áreas da indústria, serviços, turismo, comércio e agropecuária.

O diretor-presidente da Alpa, José Carlos Soares, diretor da Vale que presidiu a Mineração Rio do Norte durante vinte anos, garante que a nova siderúrgica vai possibilitar a verticalização da cadeia de aço no Pará. As obras de terraplenagem no terreno começam a partir de junho deste ano. A previsão é de que a Alpa entre em operação em 2013 e produza 2, 5 milhões de toneladas de aço na primeira fase.

O Distrito Industrial da cidade está sendo revitalizado e ampliado. No local já funciona desde 2008 a Sinobrás, que produz 300 mil toneladas de aço em vergalhões, após investimentos de US$ 350 milhões e geração de 900 empregos.

Para Marabá também estão previstos a construção de porto público, duplicação da ponte sobre o rio Itacaiúnas, revitalização do bairro Cabelo Seco, ampliação do sistema de abastecimento de água e outros investimentos, num total de meio bilhão de reais de recursos do tesouro estadual e de parcerias com prefeituras e governo federal.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *