0
A ética está se tornando cada vez mais rara, para desgraça de todos nós, que acreditamos na possibilidade de uma sociedade melhor. Um conhecido escritório de advocacia reteve mais de um mês duas parcelas de pagamento recebidas por via judicial, por inadimplência em um dos condomínios de Belém. Só depois de muita insistência o síndico recebeu os dois pagamentos, mas o escritório se recusa a entregar as cópias das guias de recebimento, onde constam as datas em que efetivamente retirou o dinheiro e a que o entregou ao cliente. O pior é que já venceu a terceira parcela, e o condomínio, lógico, precisa do dinheiro para fazer face às suas despesas, tanto que contratou a tal banca, que diz ser especializada. O caso será levado para discussão em Assembleia Geral e o condomínio poderá processar por perdas e danos o escritório que deveria defender seus interesses, além de representar junto à OAB-PA.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

A energia elétrica sumiu

Anterior

Na era do rádio

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *