0
O D.O.E. publicou hoje editais de homologação de situação de emergência em Parauapebas, região do Carajás, e Almeirim, no Baixo Amazonas. Técnicos da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil constataram danos à segurança e à saúde pública.
Em Parauapebas, há risco de inundações e desabamentos. Diversos bairros e distritos estão sem acesso à saúde, educação e com abastecimento alimentar precário. Cerca de 260 famílias estão desabrigadas e quase 100 desalojadas.
Já em Almerim algumas áreas urbanas estão debaixo d’água, com muitas ruas intrafegáveis. Uma parte da orla da cidade, que fica à margem do rio Amazonas, está com a estrutura comprometida por causa da erosão, resultado da cheia no rio. No município, 165 famílias estão desabrigadas e 3.860 desalojadas.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Goeldi convida

Anterior

A Ética ferida

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *