0
Dezenas de índios de diversas etnias invadiram o prédio da sede da Funai em Brasília, em protesto contra o decreto 7.056, que extingue postos administrativos da Fundação no País. Querem a cabeça do presidente da Funai, Márcio Meira. Reclamam do fato de não terem sido ouvidos nem cheirados antes da extinção das sedes administrativas e rejeitaram a proposta de formar uma comissão para conversar com Meira.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Madeireira fantasma

Anterior

Nota oficial

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *