0

Na região Norte, a distorção idade-série na 3ª série do ensino médio está em 65,3%, ou seja, seis em cada 10 alunos que cursam essa série têm idade superior à recomendada. O índice é o mais alto do País, seguido pelo Nordeste, com 61,9%, e Centro-Oeste, com 41,2%. O Amazonas tem o maior percentual de distorção idade-série para essa etapa de ensino, com 72% de seus alunos da 3ª série
apresentando mais idade do que é recomendado. Em segundo pior lugar está o Pará, com 71%, e o Piauí, com 70,6%. A média Brasil vai de 29,4% na 4ª série do ensino fundamental, para 36,4% na 8ª série e 42,6% na 3ª série do ensino médio.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

A saúde abandonada

Anterior

Santarém precisa

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *