Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

A educação liberta

“Educação Escolar Entre as Grades” é o título do livro lançado pela Edufscar neste mês, organizado por Elenice Maria Cammarosano Onofre, professora do Departamento de Metodologia de Ensino da Universidade Federal de São Carlos. A obra, que reúne textos de pesquisadores da área da educação escolar nas prisões, parte do princípio em que a educação é uma essência transformadora e apresenta a escola como possibilidade, embora a cultura prisional se caracterize, dentre outras coisas, pela repressão. Os estudos permitem repensar caminhos
para as escolas dos presídios, já que elas são mediadoras entre saberes, culturas e realidade. José Geraldo Silveira Bueno, professor do Programa de Pós-Graduação em Educação, História,
Política e Sociedade da Puc-SP, elaborou a apresentação do livro e considera que, apesar de constatar que o autoritarismo, a repressão e a desumanização são características das prisões brasileiras, a obra revela práticas localizadas de resistência e de confronto de detentos, que buscam por significados de suas vidas mesmo dentro das cadeias.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *