Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

A educação liberta

“Educação Escolar Entre as Grades” é o título do livro lançado pela Edufscar neste mês, organizado por Elenice Maria Cammarosano Onofre, professora do Departamento de Metodologia de Ensino da Universidade Federal de São Carlos. A obra, que reúne textos de pesquisadores da área da educação escolar nas prisões, parte do princípio em que a educação é uma essência transformadora e apresenta a escola como possibilidade, embora a cultura prisional se caracterize, dentre outras coisas, pela repressão. Os estudos permitem repensar caminhos
para as escolas dos presídios, já que elas são mediadoras entre saberes, culturas e realidade. José Geraldo Silveira Bueno, professor do Programa de Pós-Graduação em Educação, História,
Política e Sociedade da Puc-SP, elaborou a apresentação do livro e considera que, apesar de constatar que o autoritarismo, a repressão e a desumanização são características das prisões brasileiras, a obra revela práticas localizadas de resistência e de confronto de detentos, que buscam por significados de suas vidas mesmo dentro das cadeias.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *