0

Depois do economês, do juridiquês e dos neologismos inventados pelo ex-ministro Rogério Magri, a presidenciável Marina Silva (PV), implanta o “marinês”, ao se expressar acerca de “problemas multicêntricos” e “desadaptação criativa”.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Oh, céus!

Anterior

É pena

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *