Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Do Ercio Bemerguy, no blog Mocorongo

Esta não me contaram. Meninos, eu vi! Indo para Mosqueiro, num determinado trecho, percebi que havia um aglomerado de pessoas à beira da estrada. Parei o carro e, surpreso, vi e ouvi um cidadão gritando bastante, ameaçando queimar barracos, mandar prender os invasores, enfim, prometendo até matar e esfolar quem reagisse. Fiquei surpreso porque reconheci o revoltado, o rebarbado: trata-se de um cidadão que adora escrever cartas para publicação nos espaços que os jornais de Belém disponibilizam aos seus leitores para comentários, reclamações, sugestões, etc. Sempre ele incentiva a luta através de movimentos populares em favor da reforma agrária, pois as famílias carentes, segundo ele, precisam de um pedaço de chão para construir uma casinha para morar e plantar para sobreviver. Pois bem, o terreno invadido é dele, sem demarcação, sem cerca, sem muro, há muitos anos abandonado, um matagal enorme, improdutivo totalmente. É um exemplo de que, para muitos defensores da repartição de terras, reforma agrária só é bom no quintal dos outros.”

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *