0

Se dependesse dos eleitores paraenses, o tucano José Serra seria o novo presidente do Brasil. Essa é a grande certeza que emerge de todos os cenários desenhados pelo Ibope.

Num eventual primeiro turno com quatro outros candidatos – Dilma Rousseff, do PT; Ciro Gomes, do PSB; Heloísa Helena, do PSOL; e Cristovam Buarque, do PDT – Serra venceria Dilma por 37% a 16%.

No segundo turno, entáo, a petista come poeira: a vitória do tucano é por 54% a 26% – quer dizer, se a eleição fosse hoje, ele conquistaria, entre os eleitores paraenses, mais que o dobro dos votos da petista.

Ambos os cenários são estimulados. A soma dos votos brancos e nulos com os indecisos fica em torno de 20%.

Isso quer dizer que mesmo que toda essa massa de brancos, nulos e indecisos fosse revetida a favor de Dilma, ainda assim ela perderia a eleição.”

(Leia a pesquisa completa no Blog do Vic).

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Denúncia de cidadão

Anterior

Cai diretor do Abelardo Santos

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *