0

“Por que houve prioridade nas obras do terminal de passageiros em detrimento das obras de segurança? Essa inversão de prioridade é gritante.O grooving é importante porque a água penetra nessas ranhuras e aumenta o coeficiente de atrito da pista. A Infraero poderia ter dado segurança a mais com o grooving na pista, que em razão da chuva fica menos segura”. (engenheiro aeronáutico Jorge Eduardo Leal Medeiros, professor doutor da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, especialista em aeroportos e transporte aéreo, ao constatar que a falta do chamado grooving no Aeroporto de Congonhas, ranhuras transversais na pista que aumentam o atrito, teve um peso grande para o acidente.)

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Tragédia anunciada

Anterior

Dia de Luto

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *